Um dos grandes desafios do líder servidor é alinhar as habilidades de um líder às virtudes necessárias para a liderança e às expectativas dos seus liderados.

Um excelente exemplo para essa afirmação é a necessidade que o líder servidor tem de ser justo e, ao mesmo tempo, lidar com a diversidade.

Ser justo não consiste em dar o mesmo a todos e, sim, dar a cada um aquilo que merece ou que necessita.

O que é um avanço para um pode não ser significativo para outro, uma mudança para um pode não ser representativa para outro, um desafio para uns pode não ser considerado desafio para outros. Portanto, para ser justo, o líder precisa conhecer a necessidade de cada um de sua equipe.

Não é raro nos pegarmos em situações em que tomamos uma decisão levando em consideração o “princípio” da igualdade, ou seja, todos, obrigatoriamente, têm que receber o mesmo, enquanto, na verdade, deveríamos tomar decisões sabendo que cada um deve receber aquilo que lhe é devido e que devemos oferecer a cada um aquilo que necessita.

Quanto ao alinhamento de expectativas, seja claro com sua equipe, diga o que espera de cada um, no que tange a avanços, resultados, mudanças, metas etc. Observe que de todos são esperados avanços, resultados, mudanças e alcance de metas, ou seja, resultados de todos, o que muda é qual resultado.

Recordando:

Justiça (virtude): é através dela que damos ao outro o que lhe é devido.

Capacidade de lidar com a diversidade (habilidade): perceber e lidar com a diversidade de pessoas que estão ao seu redor, valorizando os pontos fortes de cada uma e potencializando-as nos pontos em que mais necessitarem.

Outros exemplos deste desafio de alinhar habilidades e expectativas pelo líder servidor seriam:

  • Tomada de decisão x Prudência
  • Motivação e autodesenvolvimento x Temperança
  • Equilíbrio emocional x Fortaleza