“Vendei os vossos bens e dai esmola; fazei para vós outros bolsas que não desgastem, tesouro inextinguível nos céus, onde não chega o ladrão, nem a traça consome, porque, onde está o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.”    (Lucas 12:33 e 34)

O que temos é fugaz, efêmero, circunstancial; o que somos, por sua vez, indica um estado de permanência que, por meio da perseverança, pode tornar-se sustentável e perene.
Líderes servidores SÃO e, portanto, concentram-se:

não em TER uma equipe, mas em SER parte de uma;

não em TER uma casa, uma empresa, mas em SER um lar;

não em TER uma vida melhor, mas em SER melhor na vida;

não em TER mais compromisso com sua equipe, mas em SER mais comprometido com ela;

não em TER autoridade sobre sua equipe, mas em SER referência para ela.

Líderes servidores possuem valores superiores.

Não é necessário abrir mão de patrimônio, cargo, posição. O que é significativo é o VALOR que se dá ao TER, que precisa ser infinitamente menor do que o valor que se dá ao SER, pois é este que nos faz mais humanos. Afinal, o que verdadeiramente importa são  os valores humanos, imateriais.

Convido você a fazer uma lista com duas colunas encabeçadas pelas  perguntas:

O QUE SOU?

O QUE TENHO?

Qual das colunas foi a maior? Reflita sobre isso.